Depressão pós-parto

Compartilhe:

A depressão pós-parto (DPP) é uma entidade clínica heterogênea que, geralmente, se refere a um episódio depressivo maior ou de intensidade grave a moderada, presente nos primeiros meses após o nascimento. Há maior vulnerabilidade da mulher a sintomas e sinais depressivos durante aproximadamente seis meses depois do parto. No Brasil, amostras de base populacional e populações de unidades hospitalares terciárias demonstraram prevalência aproximada de 20% para DPP, semelhante à recente metanálise que identificou prevalência de 20% para estudos que empregaram a Escala de Depressão Pós-Natal de Edimburgo (Edinburgh Postnatal Depression Scale – EPDS). O único estudo brasileiro que investigou a prevalência de DPP por meio de entrevista diagnóstica semiestruturada constatou a prevalência de 7,2%.

Baixe o PDF aqui.

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Iniciar conversa
Olá! Podemos ajudar?
Olá! Podemos ajudar?