Prevenção do Tromboembolismo na Gestante Hospitalizada e no Puerpério

Compartilhe:

A gravidez e o pós-parto são o período de maior risco tromboembólico na vida da mulher. Na gravidez, há mais risco de trombose venosa profunda (TVP) e, no pós-parto, de embolia pulmonar (EP). A mortalidade secundária ao tromboembolismo venoso (TEV) nos Estados Unidos representa 9,2% do total de mortes relacionadas à gravidez ou aproximadamente 1,5 morte por 100 mil nascidos vivos. Mulheres grávidas apresentam risco 4 a 4,6 maior de desenvolver TEV em comparação com mulheres não gestantes da mesma faixa etária.

Baixe o PDF aqui.

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Iniciar conversa
Olá! Podemos ajudar?
Olá! Podemos ajudar?