Dia Nacional de Combate ao Fumo

O Dia Nacional de Combate ao Fumo, comemorado em 29 de agosto, tem como objetivo reforçar as ações nacionais de sensibilização e mobilização da população para os danos sociais, políticos, econômicos e ambientais causados pelo tabaco. Criado em 1986 pela Lei Federal 7.488, a data inaugura a normatização voltada para o controle do tabagismo como problema de saúde coletiva.

O cigarro é prejudicial para a gestação em todas as suas fases. A maioria dos problemas é decorrente da menor oferta de oxigênio ao bebê, causada por conta de alterações nas artérias que nutrem a placenta por ação das substâncias tóxicas do cigarro. Também há maior risco de abortamentos, malformações fetais, restrição de crescimento intrauterino (fetos muito pequenos por má nutrição), ruptura prematura da bolsa das águas, parto prematuro, placenta de inserção baixa e descolamento do sítio placentário; além de óbito do feto e alterações funcionais que podem favorecer alergias e asma na criança.

Fonte: Instituto Nacional do Câncer (INCA) (www.inca.gov.br/tabagismo/saude-da-mulher)

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *