Máscaras caseiras ajudam na prevenção e evitam que a população use equipamentos destinados a médicos

O Ministério da Saúde do Brasil vai lançar uma campanha para mobilizar a população para fabricar as próprias máscaras de pano, que funcionam como barreiras na propagação da doença. O Ministério recomenda que para ser eficiente como uma barreira física, a máscara caseira precisa seguir algumas especificações. É preciso que a máscara tenha pelo menos duas camadas de pano. O equipamento é de uso pessoal e não pode ser dividido com ninguém. As máscaras caseiras podem ser feitas em tecido de algodão, tricoline ou TNT, desde que desenhadas e higienizadas corretamente. O importante é que a máscara seja feita nas medidas corretas cobrindo totalmente a boca e nariz e que estejam bem ajustadas ao rosto, sem deixar espaços nas laterais.

O Ministério da Saúde elaborou algumas orientações para que a população faça as máscaras com os materiais que têm em casa: bit.ly/sogirgs-mascaras.

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *