Médico pode informar falta de EPIs e falhas na infraestrutura de atendimento

Médicos que atuam em unidades de saúde (postos, UPAs, prontos-socorros e hospitais, entre outros) que oferecem assistência a casos confirmados e suspeitos de COVID-19 poderão informar falhas na infraestrutura de trabalho aos Conselhos de Medicina de todo o País. Entrou em operação nesta semana uma plataforma online na qual o profissional poderá comunicar a situação que encontrou no trabalho. A ferramenta foi desenvolvida pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), que a disponibilizou em seu site. Após acessar a plataforma, o médico deverá preencher questionário simplificado que lhe permitirá indicar as carências que encontra e que dificultam sua atuação no atendimento de casos de COVID-19.

 

Acesse o link em: sistemas.cfm.org.br/fiscalizacaocovid.

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *